Cão Cidadão

Artigos

Como evitar disputas entre cachorros

Animais sociais, os cães estão preparados para viver em grupo, tanto de cães como de humanos. Mas em toda convivência há sempre a possibilidade de conflitos. Alexandre Rossi explica como lidar com essas situações quando dois ou mais cães compartilham o mesmo lar

Muitas pessoas que convivem com dois ou mais cães procuram tratá-los igualmente para não cometerem injustiças. Se querem agradar um deles, para não deixar os demais ressentidos, procuram agir igualmente com todos, ao mesmo tempo.
Esse costume, porém, pode causar brigas. Atender simultaneamente vários cães ignora a escala de poder estabelecida por eles. É preciso respeitar essa hierarquia para não provocar conflitos desnecessários.

Como respeitar a hierarquia
Procure sempre privilegiar o cão que está na posição mais alta da hierarquia. Ofereça primeiramente a ele os petiscos, os brinquedos e a comida, e só depois aos demais.
Geralmente, o cão líder é o mais facilmente identificável. Parece querer controlar tudo, o tempo todo, e costuma ser observado e respeitado pelos demais. O cão em posição hierarquicamente inferior dá sinal de sua submissão com atitudes como colocar a cauda entre as pernas, pôr a ponta da língua para fora ou lamber a boca do cão dominante.

É mais difícil respeitar a hierarquia quando se tem mais de dois cães. Um exemplar que não é o mais dominante pode ficar em posições diferentes, conforme a ocasião. Se receber apoio do dono ou de um cão mais dominante, por exemplo, subirá de posição. Mas, quando a situação acabar, poderá ser confrontado pelos cães que se sentiram prejudicados.

A estratégia de dar prioridade ao líder exige que estejamos atentos a alguns desafios. Por exemplo, ao chegar em casa, se o nosso cão predileto não for o dominante, não deve ser o primeiro a receber atenção. Caso contrário, há o risco de ele resolver aproveitar a oportunidade para tentar mostrar liderança sobre os demais e começar uma briga.

Evite disputas por alimento e objetos
Ao perceber que determinado objeto ou alimento causa briga entre os cães, evite usá-lo. Ou, então, só o ofereça quando os cães estiverem separados. O mais prudente é servir a comida isoladamente ou sob supervisão humana, para evitar conflitos desnecessários.

Não dê bola a pequenos desafios
Dar atenção a cães que se desafiam em pequenas brigas pode torná-las mais freqüentes só para chamar a nossa atenção. Interferir nessas disputas tão comuns também pode atrapalhar a definição da liderança e resultar em mais brigas posteriormente.

Castração pode ajudar
Brigas ocorrem mais entre cães do mesmo sexo. A castração pode ajudar a reduzir esses conflitos, tanto entre machos como entre fêmeas (elas tendem a ficar mais agressivas no cio).

Convívio constante
Só separe os cães se houver necessidade. Quando eles ficam sem contato por algum tempo e depois voltam a estar juntos, podem se mostrar mais dominantes em relação ao território e aos objetos disponíveis. O resultado provável é haver brigas mais sérias. Se possível, mantenha o convívio entre os cães, mesmo depois de pequenos conflitos entre eles.

Exerça forte liderança
A maior parte das brigas ocorre quando o proprietário chega em casa e interage com os cães. Para evitá-las, é preciso demonstrar forte liderança e não permitir provocações e rosnados que possam evoluir para briga.

Lidando com momentos críticos
Existem situações que favorecem o começo de brigas. Por exemplo, voltar de um passeio feito com somente um dos cães, que não seja o dominante do grupo.Nesse momento, para os cães não ficarem se cheirando ou se confrontando, deve-se criar um foco diferente de atenção. Por exemplo, ao chegarem ofereça um petisco ao cão dominante e, em seguida, aos demais. Assim, todos prestarão atenção em você, em vez de um tentar controlar o outro.

Resumo
. Privilegie o cão mais dominante servindo-o primeiro.
. Respeite a hierarquia natural
. A castração normalmente reduz brigas entre indivíduos do mesmo sexo
. Evite separar os cães desnecessariamente
. Mostre que você realmente manda
. Desvie a atenção de um cão com relação a outro para evitar conflitos
. Não recompense com atenção as pequenas disputas